segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Amor é um sentimento ou uma atitude?

O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. João 15:12

Amor é um assunto que se discute a muito tempo gerando uma serie de informações dos mais variados tipos, muitas vezes associada ao sentimento especial que se sente por alguém que admiramos ou temos em alta estima, como um familiar, um amigo ou alguém que nos apaixonamos.

Eu e minha esposa aprendemos no curso "Casados para sempre" (2 = 1) que de acordo com a Bíblia o amor é uma atitude e não um sentimento, Jesus nos dá uma ordem em João 15:12 para amarmos da mesma maneira que Ele nos amou, ou seja, sem restrições, mas é claro que isso não significa que não possamos nos apaixonar por alguém e ter um grande amor por essa pessoa, mesmo assim só será amor quando as coisas não derem certo e mesmo assim continuarmos cuidando dessa pessoa de forma especial.

"Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." 1 Coríntios 13:7

Em 1Coríntios 13, temos um resumo do que seria amor verdadeiro na visão de Deus, pois quando sofremos, cremos e suportamos alguma situação em favor de outro, desenvolvemos a compaixão o perdão e a fé, passamos então a perceber que todas as picuinhas são iguais a nada perto do grande amor que nos envolve.

O amor é algo que se aprende e não algo que se espera, assim como o perdão: "perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;" Mateus 6:12. Recebemos perdão com a mesma medida em que perdoamos, não temos que "sentir" quando devemos perdoar, temos que "decidir." Não temos que "sentir" que devemos amar, temos que "decidir."

Sabe por que Deus nos ama?! Porque Ele decidiu isso!! Não merecemos coisa alguma, somos infiéis enquanto Ele sempre é fiel! Seu amor é incondicional por nós, apesar de decepciona-lo constantemente.

Olhe pra você agora!! O que falta pra deixar esse amor invadir seu coração e dirigir sua vida completamente?

Fale do amor de Deus, pratique e distribua entre todos esse amor, não espere "sentir" mas tome uma DECISÃO!

Que a paz e o amor de Cristo Jesus seja contigo.

Mario Henriques


Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena



segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Sombra ou Fruto?

"Nisto é glorificado meu Pai, que deis muita sombra; e assim sereis meus discípulos." João 15:8

"...toda a árvore, pois, que não dá boa sombra, corta-se e lança-se no fogo." Lucas 3:9

"Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muita sombra; porque sem mim nada podeis fazer." João 15:5

"...porque pela sombra se conhece a árvore." Mateus 12:33

"...Porque não há boa árvore que dê má sombra, nem má árvore que dê boa sombra." Lucas 6:43

"...Vocês não me escolheram, mas eu os escolhi para irem e darem sombra, e que a sombra de vocês permaneça." João 15:16

Há algo de errado com os textos acima! Deus não nos chamou e nem nos enviou para darmos sombra, Ele nos mandou dar FRUTOS! O fruto nada mais é do que algo produzido pela árvore que serve como alimento e sua semente serve para produzir novas árvores que darão novos frutos. Uma árvore mal cuidada, que não é podada, protegida e regada regularmente, dificilmente dará bons frutos. O fruto referido acima está relacionado a tudo de bom que uma "árvore" produz, porém vamos fazer um paralelo entre o "fruto" comparando com as coisas boas que Espírito Santo produz através de nós com a "sombra" que vamos comparar ao comodismo.

Quem não gosta de uma boa sombra, especialmente em dias de muito calor?? A sombra é algo legal, muito legal mesmo, mas fala sério! Gostamos muito mais das árvores pelos frutos que produzem! No terreno de nossa igreja havia uma mangueira que durou muitos anos, até que em certo momento começou a ser destruída por cupins, isso só foi descoberto tarde demais após notarmos a falta dos frutos. O resultado foi que tivemos que corta-la sem que pudéssemos salva-la apesar de ainda dar uma boa sombra.

Com a nossa vida espiritual é exatamente assim, começamos a dar bons frutos, achamos nossos frutos lindos, mas deixamos de buscar com intensidade a presença de Deus, deixamos de ler a palavra e achamos que já demos frutos suficientes e que por hora basta darmos uma boa sombra que já está bom, acabamos por deixar que o "cupim" do comodismo, da soberba, da auto - suficiência, da vaidade e da estagnação venha  nos consumir por dentro, de maneira silenciosa, as vezes quando chegamos a notar parece ser tarde demais para recuperar o vigor dessa "árvore".

No caso da mangueira não teve mais jeito, mas também houve uma goiabeira que tivemos que poda-la completamente a ponto de todos acharem que já tinha morrido, porém ela se recuperou e deu frutos ainda melhores do que antes. Esse provavelmente poderá ser o caso de podarmos a enfermidade espiritual e deixarmos que as mãos do lavrador Jesus nos torne uma "árvore" ainda melhor.

Deus nos chamou para darmos frutos, então vamos frutificar! A "sombra" do comodismo pode ser até confortável mas jamais será revigorante e tão maravilhoso como dar "frutos".

Graça e paz em Cristo Jesus!

Mario Henriques

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena

Quero chorar!!

"Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados." Mateus: 5. 4. Não é nada difícil encontrar hoje com pessoas que e...