quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Cheguei ao meu limite!


"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei." Mateus 11.28

Quantas vezes já nos sentimos extremamente cansados ou sobrecarregados por uma série de coisas? Já aconteceram momentos em que me achei tão cansado mental e fisicamente que tive a  sensação que iria desmoronar. O que acontece de legal nessa história toda, é que Jesus sempre tem uma palavra para renovar nossas forças mesmo quando achamos que "já era" pra nós, pois sim, são essas palavras que encontramos naquele livro que foi escrito a mais de 2000 anos atrás e que nós esquecemos aberto no "Salmos 23" em cima da estante  cheio de poeira, ao qual chamamos de "Bíblia," é como se você estivesse doente e o remédio ao seu lado mas você não toma, a Palavra de Deus é o remédio.

Se o seu limite chegou fale isso pra Deus, apesar de conhecer as nossas necessidades antes de falarmos qualquer coisa Ele quer te ouvir, pois quando alguém nos ama queremos ouvir dizer que nos ama apesar de já sabermos disso, e quando percebemos que alguém precisa de ajuda mas não pede, provavelmente poderá resolver sozinha. 
Estava na praia com um amigo e uma pessoa a menos de um metro e meio de distância de nós, nadava em direção a praia sem sair do lugar, apesar de haver pessoas próximas ela não pediu ajuda, percebi a situação mas achei que era só impressão minha simplesmente porque ela não pediu ajuda, somente fomos socorre-la quando estava a uns 5 metros de distância  e pediu por socorro, provavelmente não tinha mais forças, graças a Deus tudo ficou bem, mas o ato de declarar "cheguei ao meu limite" deve ser expressado com palavras, mesmo que as vezes as palavram fujam da nossa boca, não conseguimos nem mais orar ou cantar uma canção pois a sensação é de "desmoronamento." 

Hoje você vai descansar no Senhor, pois já declarou até onde foram suas forças, ou seja, ao esgotamento, por isso Ele vira te socorrer logo com seu amor, com sua paz e seu renovo, nunca desista, mas se as suas forças se foram confie no Deus que nos reabastece todos os dias se preciso for.

"Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão." Isaías 40.31

Mario Henriques

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Mordomos ou patrões??

"Pois qual é o maior, quem está à mesa ou quem serve? Porventura não é quem está à mesa? Eu porém, entre vós sou como aquele que serve." Lucas 22.27


Está acontecendo nos dias de hoje uma prática muito comum entre algumas igrejas evangélicas, do tipo: "venham e sejam abençoados!" É claro que isso não está errado, desde o momento em que procuramos entender o significado de "sejam abençoados." Jesus é o maior exemplo que podemos ter, pois Ele era muito abençoado porque simplesmente era um abençoador, mas nós queremos receber bênçãos e não queremos abençoar, ou pelo menos não nos preocupamos com isso.

O que mais me impressiona é a clareza que a palavra de Deus nos mostra o quanto devemos ser "mordomos" mas insistimos em ser "patrões."
O patrão está sempre dando ordens:
- Faça do meu jeito! Eu determino que seja agora! Você sabe que isso é o melhor pra mim, então faça!

O mordomo está sempre seguindo as ordens impecavelmente:
- Sim Senhor! Exatamente como me pediu! Como preferir Senhor!

O patrão não aceita um "não" como resposta, mas o mordomo sabe que o "não" pode significar que tem algo melhor, mesmo que não entenda no primeiro momento.

O patrão está sempre com a palma da mão virada para cima, afim de receber tudo o que puder obter para acrescentar a sua riqueza, mas o mordomo está sempre com as mãos erguidas em sinal de humildade e devoção ao seu Senhor.

Se pararmos para observar essa pequena comparação, vamos até achar que é bem melhor sermos patrões, pois foi exatamente isso que pensaram os discípulos de Jesus em Lucas 22.24 quando discutiam sobre qual deles seria o maior, mas no versículo 26 Jesus diz que entre eles o maior deve ser o menor, e quem governa como quem serve.

O objetivo desse texto não é criticar igrejas e nem patrões no sentido literal da palavra, mas trazer ao entendimento a nossa missão de servir, de sermos humildes, de estarmos à disposição de quem precisa de nós e assim mudarmos em nome de Jesus nossa posição de "patrões de Deus" para a posição de "mordomos de Deus," porque MAIOR é quem SERVE.

Graça e paz!

Mario Henriques

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena

Quero chorar!!

"Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados." Mateus: 5. 4. Não é nada difícil encontrar hoje com pessoas que e...