sexta-feira, 21 de junho de 2013

Tentação


Que somos nosso pior inimigo, já sabemos, mas costumamos dizer que a carne é fraca, só que o pecado não é "vitamina". A tentação é aquilo que sabemos ser errado mas mesmo assim desejamos, geralmente é muito bonita aos nossos olhos como uma maça linda por fora e podre por dentro. Tentação é algo que te dá prazer...quer dizer, muito prazer, e por este motivo acabamos cedendo aos desejos carnais. O apóstolo Paulo em Romanos 7:15-20 fala um pouco da sua luta contra as tenções da carne, ele chega a dizer que não faz o bem que ele quer, mas o mal que não quer acaba fazendo.

"Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar." 1 Coríntios 10:13

Deus permite que sejamos tentados para que tenhamos domínio sobre nossa carne, conforme o texto acima não somos provados além daquilo que suportamos, portanto o objetivo não é nos ver caindo em tentação mas nos ver ficando cada vez mais resistentes a ela.

A tentação nada mais é do que o reflexo do nosso desejo carnal, o apóstolo Paulo descreve isso muito bem em Romanos 7:15.

"Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço." 

Somos tentados a todo instante, portanto precisamos estar atentos constantemente as armadilhas do Diabo e lutarmos contra nossos próprios desejos carnais, focando nossa mente na palavra de Deus e praticando aquilo que ela nos ensina.

"Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." Tiago 4:7

"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai." Filipenses 4:8

E para encerrar: "E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém’. 
Mateus 6:13

Graça e paz!

Mario Henriques

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Alegria na tristeza

"Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,
mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei." Gálatas 5:22-23

Creio que deu para notar a alegria como sendo parte do "fruto do Espírito!" Deus concede-nos o fruto do Espírito para que possamos ter uma vida plena de sua maravilhosa graça, afim de que desfrutemos de cada gomo desse fruto (como se fosse uma tangerina), inclusive a "alegria" que não é uma alegria comum como aquela que temos por ter conseguido passar no vestibular, um carro novo, um emprego ou conhecermos o grande amor de nossas vidas, mas uma alegria que pode ser vivida até mesmo em momentos de tristeza...difícil de entender, mas se você quiser experimentar não vai se arrepender.

"Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação." Habacuque 3:18

Alegrar-se no Senhor é algo que vai além do nosso entendimento, não é possível explicar com palavras esse sentimento em sua totalidade, só é possível senti-lo. A alegria é algo tão importante quanto todas as outras partes desse fruto, mas alguns de nós estamos acostumados a uma vida "mais ou menos", a uma alegria mais ou menos, ou seja, só quando tudo vai bem, vivendo um cristianismo de aparência mas que na realidade não passa de "religiosidade", não conseguimos compreender que entregar a vida a Cristo é deixar de "ser" para que "Ele seja" em nós.

Somos cercados por momentos de dificuldades, tristezas e perdas, como me disse uma amiga hoje: "Há momentos, em que não nos resta outra opção, além de buscar lá dentro aquela capacidade de adaptação, que nos ajuda a sobreviver aos mais variados cenários, às mais extremas circunstâncias e aos ventos mais contrários." Precisamos encontrar  dentro de nós o fruto do Espírito, mas isso não será possível se não o procurarmos com intensidade, depende do nosso querer, Ele não vai nos invadir.

Que a paz do Senhor Jesus, a doce consolação do Espírito Santo e a alegria que nos é proporcionada pelo seu fruto seja sobre nossas vidas no dia de hoje e para sempre. Amem.

Mario Henriques.

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena

sexta-feira, 7 de junho de 2013

A resposta é NÃO!!!

"Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais." Jeremias 29:11

Acontece muitas vezes assim: Você faz um plano, ora "com força", pratica sua fé afirmando que "vai dar tudo certo" e tem que dar certo porque seu plano é perfeito, não é nada que Deus abomina, então é claro que a resposta dele será...NÃO! Mas como assim, não! Eu fiz tudo certinho...

É realmente frustrante quando acontece isso, mas a grande verdade é que não aceitamos que O Senhor dirija nossas vidas, apenas dizemos que deixamos  mas não queremos viver isso de verdade, achamos que podemos colocar Deus dentro da nossa "caixinha de interesses próprios", na qual ele faz todas as nossas vontades, nos comportamos como filhos mimados e que não reconhecem a soberania de um Pai que sempre quer o melhor, ou seja, nem sempre o que entendemos como "melhor", mas que no final das contas sempre é o melhor.

"Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua." 
Provérbios 16:1

O "não de Deus" na verdade quer dizer "ainda não" ou então "dessa forma não! tenho algo melhor pra você".  As vezes achamos que podemos determinar alguma coisa do tipo " Eu declaro que vai ser assim AGORA", mas quando o "agora" não acontece fazemos cara feia e em alguns casos queremos abandonar a fé. Não somos patrões de Deus, somos filhos, e como filhos devemos aguardar a aprovação do pai acreditando sempre no seu maravilhoso cuidado, afinal de contas não é qualquer pai é o nosso Pai eterno!

Pior que o "não de Deus" é a permissão de Deus, pois quando ele permite algo é porque desrespeitamos o seu não e insistimos naquilo que nos foi dito em alto e bom som que NÃO. A permissão de Deus pode nos levar a grandes desastres e sucessões de erros, e ainda temos a ousadia de reclamar dele, sendo que a partir do momento que os filhos não dão ouvidos ao que o pai diz, estão "assinando um termo de responsabilidade", ou seja, é por sua conta e risco.

Vamos pedir sabedoria ao Senhor para aceitarmos sua vontade mesmo que a princípio a gente não entenda seu "não", é só confiar que estamos debaixo de seu cuidado, sempre.

"Mas eu sou pobre e necessitado; contudo o Senhor cuida de mim. Tu és o meu auxílio e o meu libertador; não te detenhas, ó meu Deus." Salmos 40:17

Que o Senhor te abençoe!

Mario Henriques.

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena



Quero chorar!!

"Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados." Mateus: 5. 4. Não é nada difícil encontrar hoje com pessoas que e...