quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Ano novo, "Folha nova"!


"Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios." Salmos 90:12

Um ano novo começou, são 365 dias pra você fazer o que quiser! Imaginem uma folha nova e em branco em que você pode escrever, desenhar, rabiscar, fazer artes ou até mesmo rasgar, amassar e jogar fora! A folha é sua e você pode fazer o que quiser mas não terá outra chance, apenas uma.

Um ano que se inicia é como essa folha nova, temos a chande de escrever nossa história, de mudar nossas vidas e a vida de outras pessoas, desenhar um futuro abençoado, fazer artes para transformar vidas ou coisas  como "rabiscar, rasgar, amassar e jogar fora." Tudo depende das nossas escolhas e atitudes...sim, atitudes! Pois não adianta escolher o certo e fazer o errado, falar a verdade e viver na mentira, então são as atitudes que farão valer as nossas escolhas.

Não fique parado olhando seu passado, mas viva o presente (ele não tem esse nome por acaso) e confie seu futuro nas mãos do Senhor Jesus!

Em resumo, gostaria de desejar a todos um Ano Novo com Jesus e que vocês saibam bem como usar sua "folha nova" pois oportunidades devem ser bem aproveitadas, não sabemos se teremos outra.

Feliz ano novo!!!

Mario Henriques

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Finalmente chegou o Natal...


...Somos levados a sonhar novos sonhos e a acreditar que milagres existem,
praticamos o perdão e o sorriso amigo,
abraçamos pessoas que nem conhecemos,
nos preocupamos com os famintos que vivem pelas ruas,
presenteamos as pessoas queridas,
visitamos nosso parente que mora distante.

Finalmente chegou o Natal...
...melhor momento para nos confraternizarmos,
em que as pessoas parecem ter um brilho especial no olhar,
pais e filhos sentam-se à mesa para ceiar,
vestimos a nossa melhor roupa,
enfeitamos nossas casas e nossas ruas,

Finalmente chegou o Natal...
...os fogos de artifícios estão preparados,
as cantatas são bem afinadas e criativas,
cumprimos promessas que não tínhamos cumprido o ano inteiro,
gastamos nosso 13º salário para pagar as dívidas que acumulamos,
um "amigo oculto" não pode faltar,

Finalmente chegou o Natal...
...que deveria ser comemorado todos os dias do ano, pois a vida é muito curta para lembrarmos de coisas boas só em Dezembro, se fizermos as contas vamos perceber que perdemos muito tempo guardando mágoas, maltratando pessoas e mostrando que somos os donos da razão, mentimos para os outros e para nós mesmos, deixamos Deus em 5º plano, enfim, passamos grande parte do nosso precioso tempo fazendo aquilo que em nada acrescenta a nossas vidas, somos esquecidos de que o verdadeiro motivo das comemorações do Natal é agradecer ao Senhor Jesus por ter nascido, vivido e morrido por nós, assim não passamos durante os meses do ano pensando em como será "Dezembro" mas como podemos fazer algo por nós e pelo nosso próximo hoje, sem precisar esperar por aquela frase quase sempre em tom de alívio...

...Finalmente chegou o Natal!

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." Isaías 9:6 (todos os dias do ano).

Mario Henriques.

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Alguém pode me ouvir?!

"Os olhos do SENHOR estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor." Salmos 34:15

Já ouviu alguma dessas frases?
-"Eu não sei mais o que fazer, meus pais estão sempre brigando e as vezes até se agridem fisicamente!"
-"Eu me sinto muito feliz quando estou na igreja, porque meus pais parecem ser bons quando estão lá, mas em casa são bem diferentes, até palavrão eles falam."
-"Eu só gostaria de pelo menos uma vez sentir que meus pais me amam, nunca ouvi uma palavra de apoio. Um pouco de carinho mudaria tudo."
-"Não aguento mais! Quero morrer! Eu odeio meus pais!

Que tipo de pai temos sido para nossos filhos? Já se fez essa pergunta? Se não fez, pergunte para três pessoas: Para Deus, para o seu filho e para você mesmo. Não é raro os pais falarem que sabem o que é melhor para o seus filhos, quando na verdade não sabem muitas vezes nem o que é melhor para si mesmos, tiveram uma educação errada e conseguem repetir o mesmo erro com seus filhos, se eram espancados querem espancar, se eram desprezados querem desprezar, se nunca receberam um abraço não querem abraçar, e dão aquela velha desculpa "eu nunca tive isso" ou "minha educação foi assim e não morri por causa disso!" Esse é um equívoco lamentável de muitos pais que não tem a humildade de reconhecer que erram e que devem estar sempre dispostos a aprender, e que a palavra perdão também deve fazer parte de seu vocabulário.

Não sou psicólogo mas aceito com humildade a opinião daqueles que são, porém sou apenas um conselheiro de juvenis a três anos com minha esposa, trabalhamos também como líderes do "mmi" (Marriage Ministries International) que é um grupo internacional que ministra cursos para casais, noivos, pais, finanças e outros, e sabem o que isso faz de nós? Nada demais! Somos apenas aprendizes querendo melhorar com as ferramentas que o curso nos dá, totalmente baseado na palavra de Deus,  e que nos orienta a levar outros ao mesmo objetivo.
Quando nós começamos a entender os propósitos de Deus para a nossa família e utilizamos esses propósitos como ferramentas de transformação fora e também de dentro de nossas casas, experimentamos o melhor de Deus.

Filhos dentro de nossas igrejas estão querendo seguir exemplos de tudo o que é apresentado a eles todos os dias, menos o exemplo de seus pais, querem ser iguais a qualquer outra pessoa, menos iguais a seus pais. Por quê será? Creio que devemos rever nossos conceitos e nossas atitudes, observar se estamos apenas dizendo o que fazer, ou se servimos de exemplo para que eles façam o mesmo, não somos perfeitos apesar de querermos o melhor para os nossos filhos e ama-los profundamente, nós erramos tentando acertar, por isso precisamos sim pedir ajuda.

"Não vejo a hora de me tornar maior de idade pra sair de casa!"

Embora essa frase seja um desabafo de um adolescente com problemas em sua casa, não deve ser essa a atitude de alguém que entregou sua vida a Jesus, mesmo sendo só um adolescente, devemos agir  como os exemplos bíblicos que já conhecemos; José era um adolescente quando foi vendido por seus irmãos, Davi era muito jovem  quando teve que enfrentar um gigante, entre outros exemplos como também nos deixou o próprio Jesus que iniciou seu ministério ainda moço. O fato é que os problemas estão aí, em todas as idades, para os filhos ou para os pais e é sempre hora de começarmos de novo e fazermos a opção certa, mesmo que isso te faça sofrer no primeiro momento mas é certo que Deus estará com você, porque Ele só nos apoia as escolhas certas, porém nas escolhas erradas estaremos sozinhos...só até pedirmos ajuda, pode chorar, pode gritar e pode pedir, certamente que a ajuda chegará na hora necessária, basta de sofrer calado.

Minha oração é para que o Senhor  ajude aos pais e aos filhos que estão clamando por socorro.

"Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes". Jeremias 33.3

Em Cristo.
Mario Henriques

Contato: mariodalelena@gmail.com
Canal no YouTube: https://youtu.be/1lIQQFU-7ko
Twitter: @mariodalelena

Quero chorar!!

"Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados." Mateus: 5. 4. Não é nada difícil encontrar hoje com pessoas que e...